Mulher pode ser bom também.

Olá, estou escrevendo para mostrar que relação entre duas pessoas do mesmo sexo, não faz serem homossexuais, mas sim ter prazeres diferenciados. Peço desculpas antecipadamente pela riqueza de detalhes.

Resolvi escrever porque minha afilhada(somos muito amigas,ela sempre me viu como tivesse da idade dela,pq sempre brinquei levava para sair) confiando muito em mim ,contou que uma colega a cantou e ficou mexida com aquilo ,e isso a incomodava pq não era lésbica e gosta de homem. Então contei minha história e resolvi contar para vocês , foi bom compartilhar essa experiência.

Hoje tenho 31 anos, mas quando tinha meus 21 anos, estava na faculdade 4ºperiodo,tinha acabado de ficar noiva de um homem(maravilhoso , não deixava faltar nada , principalmente quando se tratava de sexo).

Sempre fui muito bonita de rosto,traços finos e bem definidos, mas nunca fui vaidosa. Não ligava para moda, vivia com blusa de time,bermuda/calça, chinelo/tênis, não fazia sombancelhas(minha sombrancelhas realmente é bonitinha,mas não custa nada dar aquela “limpadinha”),cabelo por ser bom não preocupava em mudar ou fazer coisas diferentes .Isso não significa que não gostava de me arrumar, que era uma totalmente desleixada, adorava me arrumar para meu noivo e tals, mas nada comparando com maioria das meninas da minha idade na época. Depois de namorar 2 anos e meio de namoro, tanto eu e meu noivo engordamos muito, vivíamos saindo só para comer, quando tinha 21 já tínhamos 4 anos de namoro, então dois anos engordando.

Quando entrei na faculdade falei, vou mudar, deixarei de ser tímida quero sair, bagunçar, fazer novas amigos,claro respeitando meu namorado .

Naqueles 2 anos que tinham se passado a única coisa que tinha conseguido era deixar timidez de lado. Até então tinha 2 melhores amigos e uma melhor amiga, dificilmente fazia amizade com mulher,mas naquela sala era impossivel não conseguir ,ia aumentar número de amiga com certeza. Apesar do curso não ser tão feminino,fui sorteada com uma turma de 38 meninas e 7 homens.

No quarto período já tinha meu grupinho, por sinal eram dois grupinhos, mas conversava com quase todos colega de classe ,e de outros períodos e cursos diferentes, mas notei aproximação de uma certa colega de sala.

Em uma dessas saídas para barzinhos, Gabi se ofereceu para ir com meu grupo, confesso que nem sabia que era da minha sala, ficava sempre com seu grupo isso quando ia na aula, nos períodos passados não fazia todas as materias. Depois desta primeira saída ela ficou mais próxima do meu grupo e principalmente de mim.

Saímos sempre que dava para micaretas,datas comemorativas,churrascos, shows, barzinho, eu, ela , Jú e a Babi. Nessas saídas e festinhas notava um comportamento comigo diferente, era uns abraços que não era só de amizade. E vivia tomando cuidado com as brincadeiras para ela não pensar que estava cantando, não sei pq , mas sempre tivi essa preocupação com ela,só com ela, mas mesmo assim brincava muito comigo e comecei a brincar também.

Meu noivo viajou a trabalho ficou 6 meses fora, como não tinha mais compromisso com ninguém, nada impedia minhas saídas, só não ficava com ninguém(nunca gostei de sair e ficar com qualquer um, e não tinha pq,era noiva , não é pq n estava no mesmo pais doq eu que tinha que ser infiel), mas a Jú e a Babi não conseguiram acompanhar. Dai em diante Gabi virou minha companheira, saiamos de segunda a segunda , éramos carne e unha, insistia em chamar as meninas, mas Gabi parecia gostar de sair só nos duas.

Fizemos uma viagem e único hotel que conseguimos só tinha um quarto de casal, porque era férias, tinha evento especial na cidade, estava tudo lotado, toda tímida e com frio na barriga ,perguntei se ela importava, na hora percebi um sorriso de leve no rosto e disse que não se importava, a não ser que roncasse de mais.

Deixamos nossas coisas no hotel e saímos para conhecer a cidade, Gabi não é bonita de rosto,mas tem um corpão , como diriam os homens ela é gostosa(o que sempre ouvimos pelos lugares que passavamos) . Passamos o dia em barzinhos da cidade e ela fazendo sucesso como sempre,atriaia vários rapazes,bebendo,rindo,brincando, mexendo com todo mundo como sempre fazíamos,demos uma volta rapidinha pela cidade e fomos para o hotel para nos arrumarmos. Gabi começou a brincar me chamando para ir tomar banho com ela, pedindo para ajudar lavara suas costas e etc, mas levei na brincadeira, porque brincávamos assim, então não levei a sério, até mesmo porque nunca passou pela minha cabeça ficar com mulher ou levar cantada, ainda mais de uma amiga.

Saimos Gabi pegou geral e eu como sempre me diverti horrores, ri, brinquei com todo mundo, fiz novas amizades( sou muito agradável, brincalhona, isso sempre me trouxe divertidas lembranças),mas sempre respeitando meu noivo(n gosto de fazer oq não quero p mim.)

Chegamos no hotel era umas 8 horas da manha ,estava morta, praticamente 3 dias sem dormi e com a viagem fiquei mais cansada ainda. Gabi foi tomar banho,brincando me chamou para ir com ela, só ri e apaguei ,quando saiu do banheiro pulou em cima de mim e ficou brincando com o fato de dormirmos juntas, mas percebi que ela estava arrumando coragem para ficar comigo(mas logo pensei que era muito viagem minha), começou jogar indiretas, perguntar oque achava de ficar com outra mulher e coisas do tipo. Fui muito sincera falando que não tinha problemas com isso se algum dia desse vontade e não tivesse compromisso ficaria, só que nunca tinha pensado nisso. Como estava muito cansada não dei ouvidos e nem percebi que os abraços, as caricias sem querer eram por querer, virei e dormi, senti que tentou impedir, mas o cansaço era maior. Acordamos assustas com despertador no horário limite do café da manha, tomamos e saímos.

havíamos combinado com um rapaz que a Gabi ficou na noite anterior levar agente para conhecer a cidade antes de irmos embora.

Daquele dia em diante vi que Gabi estava tentando reforça sua feminilidade, continuamos saindo, ate que um dia Gabi bebeu tanto, mas tanto que nem ela percebeu o quanto tinha bebido e começou a jogar diretas pra cima de mim, cortava ela ,levava na brincadeira e etc.. sempre que acontecia essas coisas, nos outros dias olha ela reforçando que gostava de homem, que era mulher bla bla bla bla

Um dia apareceu uma festinha em um sitio de um amigo nosso, não ia porque estava sem dinheiro, tinha prova na segunda, um monte de matéria para colocar em dia, ela me convenceu, percebi algo no ar, mas como estava precisando de sair refrescar a cabeça um pouco , a semana tinha sido tumultuada com provas, estava triste c muita saudades do meu noivo.

Chegamos lá Gabi começou a beber vodka com energético, estava bebendo muito forte e rápido , comecei a controlar, até que consegui fazer parar, olhava para mim e dava aquele sorriso de quem quer falar algo, criança que vai fazer coisa errada, mas não falou nada. Fiquei com ela o tempo todo, depois de umas três horas de muita brincadeira zuação, resolveu que ia dormir, depois da viagem tinha ficado a coisa mais natural do mundo dormirmos juntas. Fui com ela p barraca, inocente pensei que ela queria dormir, ao entrarmos na barraca ela fechou de um modo que ninguém conseguia abrir facilmente por fora, íamos perceber se alguém abrisse, alegou que era para evitar algum bichinho entrar etc..

Ficamos conversando de amizade, peguetes e etc… até que ela veio pra cima de mim, voltando no assunto de ficar com outra mulher e tals, comecei a brincar, falei para dormi que já estava t tonta, não sabia o que estava falando,ela ria e falou que já tinha passado o efeito e que sabia muito bem oque estava falando ,ao falar isso me beijou, pedi para parar, mas estava bom, perguntava se queria que parasse, até queria, mas não conseguia para.

Que beijo suave, gostoso, excitante (naquele momento descobri que o sucesso que ela fazia com os rapazes que ficava, não era apenas o corpo, mas também o beijo)só de lembra fico molhadinha.

Pensei que ficaríamos só no beijos , começou a passar mão pelo meu corpo e o beijo ficando mais intenso, eu com medo de chegar alguém, o sitio estava lotado apesar de estar fechada estava com medo de alguém chegar. Pedia para relaxar , e me beijava, que beijooooooooooo.. as mãos começaram a percorrer meu corpo ,subia e descia por cima da minha roupa,beijava meu pescoço,orelha suavemente,sentia sua respiração,aquilo foi me deixando louca e resolvi retribuir. Queria parar, pensava no meu noivo, que aquilo era traição, mas ao mesmo tempo pensava que não pq ele não tem o que ela tem.rs

Por mais que pensava que não estava certo aquilo e que era melhor parar, não conseguia ,passava minhas mãos pelas suas costas, pegava em sua bundinha durinha,suas coxas, sentia todo seu corpo e a deixava mais excitada e o beijo cada vez mais gostoso, nessa euforia toda começamos a ser mais ousadas, acaricei sua barriga fui subindo e peguei em seus seios, que seios deliciosos,minha mão se encaixava deliciosamente neles, e a mão dela nos meus. Passava suavemente minhas unhas nos seus peiotinhos por cima de sua blusa, cada segundo pegávamos mais fogo e mil coisas passava pela minha cabeça, pensamento de parar com aquilo não saia da minha cabeça, até que resolvi que ia parar, parei de beijar e ia falar que ia no banheiro ou algo assim, até que ela levantou minha blusa e chupou meus seios, que mamada deliciosa, ai todo pensamento de parar fui para as cucunhas. Ela mamava tão gostoso que era difícil acreditar que nunca tinha feito, me deixava louca puxei sua blusa, puxou a minha,ficamos sem blusae sentia aquele corpo quente juntamente com beijo maravilhoso.

Minhas mãos nunca tiveram em uma superfície tão macia, meu corpo nunca sentiu um calor como aquele, posso sentir até hoje suas curvas, peguei na bunda dela e trouxe p mais perto de mim , estava adorando aquilo, ela passando as mãos em mim, e nos beijando, estávamos gostando, naquele momento já tínhamos nos entregado uma a outra, minha boca logo sentiu aqueles peitinhos , nossa que delicia, mamava como um bezerrinho com fome, ela continuava me tocar, na hora que coloquei seus peitinhos em minha boca não aguentou e começou a tocar em minha buceta, foi tão gostoso, fazia um carinho brincava devagar na portinha, fazendo com que pedisse para enfiar tudo.. pediu calma e voltou a chupar meus seios, passou língua na minha barriga até chegar na minha buceta, lá literalmente caiu de boca, estava afobada, queria fazer de tudo, não queria perder um segundo daquela oportunidade, então me chupou gostosamente, lambendo toda minha buceta, nossa … pedi para parar que ia gozar daquela forma assim, ai que chupou gostoso não aguentei .. nossa foi muito bom .. veio e me beijou, e começamos tudo de novo, chupei aqueles seios maravilhosos novamente, minhas mãos viajando por todo aquele corpo, chupei aquela xoxotinha como nunca tinha sido chupada, sentia aquele gosto maravilhoso, qual nunca imaginei que tivesse…. alisava seu cuzinho, ela gemia, baixinho(a barraca não estava longe),aquilo ia me excitando e dando vontade de chupar mais e mais, metia a língua com vontade, usava os dedos para ajudar, até que gozou em minha boca e a vontade era de não parar.. puxou para cima e me deu um beijo delicioso, e soltando um gemido forte abafado, aquilo foi uma ótima recompensa.. continuamos a nos alisar e a beijar , ate que gozamos de novo nos masturbando, beijamos gostoso de novo ,nos vestimos ,demos ultimo beijo e dormimos.

No outro dia acordamos ninguém falou nada eu ansiosa para saber oq eu tinha achado, perguntei discretamente, respondeu positivo com a cabeça. Ainda temos contato, ninguém fala nada, nossa amizade nunca mais foi a mesma, não aceita mais sairmos só nos duas, acabaram as brincadeiras,se afastou e cada dia que passava mais tinha que se mostrar mulher que gostava de homem e etc..

A brincadeira foi ótima, pena que não soube distinguir as coisas, isso já mais nós faria lesbicas, foi uma experiência e tanto, aconselho a todas mulheres a experimentar, lamento só a amizade que ficou comprometida, mas as vezes penso, aproximou de mim não foi para amizade. Queria ter tido outras experiências dessas de preferência com ela, mas não tivi.

Mudei muito depois dessa experiência fiquei mais feminina,flora algo internamente que não dá para explicar , cuidar de mim, do meu corpo,emagreci hoje sou bonita de rosto e corpo, casei, temos um lindo casal e cada dia que passa me cuido mais e mais .espero que tenham gostado.E para as mulheres,vocês não tem idéia de como outra mulher é muuuuuuuito gostoso.Aproveitem!

Mulheres encaixadas.

A tarde ensolarada refletida no espelho do quarto deixava a sensação de aconchego. No meio dos lençóis amassados duas mulheres se olhavam embevecidas.

Luana e eu nos encontramos sem querer, era um dia nublado e eu estava num bar quando a vi pela primeira vez; no mesmo dia nos encontramos no shopping, depois nos esbarramos na garagem… No meio de seis andares e milhares de carros, o dela estava do lado do meu e tudo isso no mesmo dia, então resolvemos conversar, rindo muito ela me falou que não existia consciência no seu mundo, tudo era obra do destino, já estava traçado. No mesmo dia bem mais tarde nos amamos no seu apartamento, descobri que Luana era uma mulher perfeita, cheia de vontade de viver, cheia de histórias divertidas de sua vida, suas viagens, seu trabalho como porta voz da presidência de um famoso clube de futebol… Ela me fascinou no primeiro encontro, eu sou Fernanda tenho 30 anos e faço faculdade de direito à noite, durante o dia trabalho duro com propaganda. Mas naquela tarde, recebi a ligação de Luana e corri pro seu apartamento assim q tive um tempo livre. Ela me disse que precisava de mim, então n poderia deixar de atender.

Agora olhava para ela deitada com um lençol fino sobre o corpo, deixando ver os seios perfeitos, firmes arredondados. Sentia o seu perfume invadindo minhas narinas, e isso aumentava o meu grau de excitação. Ela sorriu para mim, eu senti meu sexo arder, me aproximei do seu rosto e a beijei. Nossas línguas se tocando, se enroscando, sua saliva na minha… Tudo com ela era intenso, fiquei por cima sem largar a boca… Sentindo que ela parava de respirar por um momento, me separei dos lábios tentadores… Nossas coxas estavam unidas, nossos sexos colados… Acariciei a lateral do seu corpo bem devagar sem pressa, ela fechou os olhos, eu fiquei de lado, toquei a parte interna da coxa macia, e minha mão foi na direção do meu presente, o presente mais puro e delicioso que alguém pode ganhar. Toquei em seu sexo quente e molhado com meus dedos ávidos, ela gemeu baixinho quase implorando pelo toque firme. Mas eu não tive pressa, acariciei gentilmente toda extensão molhada, ela apertava minha mão com sua coxa, impossibilitando os movimentos, forcei um pouco e ela abriu as pernas com delicadeza, massageei o clitóris firmemente arrancando mais gemidos, olhando em seus olhos… Foi uma experiência perfeita. Minha boca beijava seu rosto, pescoço, enquanto com a outra mão eu segurava seus cabelos que ficavam um pouco abaixo do ombro. Minha língua sedenta percorria o mesmo caminho várias vezes… Abandonei seu sexo por alguns instantes, ouvindo a reclamação dela baixinho, ficando por cima eu pude beijar o vale entre os seios, passando a língua bem devagar, enquanto segurava seus braços e ela iniciava movimentos perfeitos, cadenciados, com gemidos que me faziam flutuar- confesso que algumas vezes eu gozei só ouvindo seus gemidos. Minha boca então se apossou do bico de um seio, suguei bem devagar, mas o tesão já era incontrolável e nesse estagio é difícil controlar as emoções. Segurei seus ombros e tomei os seios para mim, sugava com força ora um, ora o outro, minha língua rolava neles, sentia seu gosto e ela segurava minha cabeça com força puxando meus cabelos. Voltei para sua boca que já me esperava, nosso beijo foi intenso, molhado… Meus dedos apertando os bicos intumescidos seguravam cada um entre os dedos e passava a língua, ela arqueava o quadril na minha direção, pedia baixinho: -Fernanda entra em mim…

Desci beijando todo corpo daquela mulher que me enlouquecia, a cor, a textura da pele, tudo nela me deixava fora do normal. Cheguei nas coxas e ela já empurrava minha cabeça pro meio das pernas, dobrando-as e encostando a coxa na barriga, ela me dava toda liberdade para ver, tocar, penetrar, ela era naquele momento, toda minha. Enterrei meu rosto nela, seu sexo quente, molhado e rosado, minha língua passeou por toda extensão, mordendo levemente as laterais da coxa… Segurei o seu clitóris com os lábios e suguei-os, ela suspirava e gemia, empurrando a minha cabeça e pedindo pra ser penetrada. Penetrei a língua primeiro, uma, duas vezes… Depois coloquei um dedo, ela gritou quando acelerei os movimentos, eu passava a língua no clitóris e meus dedos iam no fundo de Luana, ela mexia o quadril sem parar, -enlouqueci. Levantei e pedi que ela se virasse, segurando na cabeceira da cama. Logo acima a janela aberta deixava ver o céu agradeci por estar no ultimo andar, longe de olhares indiscretos, a paisagem que se descortinava era de montanhas verdes e ao longe o mar. Com Luana ajoelhada e apoiada, encostei-me nela, beijei sua nuca e desci beijando as costas, minha mão n parava de acariciá-la, penetrá-la, com firmeza e delicadeza, devagar e rápido, ela jogava o corpo pra trás, e eu a pressionava mais e mais de encontro à janela. Marquei sua nuca, várias vezes, em seus ombros apareciam as marcas do meu desejo. Apertando com a mão livre o seu seio direito, intensifiquei os movimentos de entra e sai em sua vagina estreita e quente. Enquanto esfregava o meu próprio sexo em suas nádegas firmes. Com uma perna levantada eu sentia que ia gozar primeiro que ela… Descemos da cama e ficamos em pé, ela ainda agarrada a cabeceira, uma perna em cima do colchão, assim pude penetrá-la com mais firmeza, por trás, segurando ora sua cintura, ora seu seio, não abandonei seu sexo em nenhum momento, esqueci o meu prazer pra me dedicar totalmente ao dela. E foi como se o mundo parasse por alguns segundos quando senti as contrações do seu sexo, segurei-a com força, pois senti que ela dobrava as pernas, seu corpo tremia, os espasmos eram fortes e incontroláveis, sentia seu liquido escorrendo pela minha mão. Virei-a e coloquei-a sentada na cama, me ajoelhei e abri um pouco as pernas dela, enfiei minha cabeça ali no meio e saboreei cada cantinho, ela tremia e me pedia pra parar, mas eu não queria, ela começou a gemer novamente, enfiando as unhas nos meus ombros, me arranhando forte. Lambi seu sexo até sentir que ela ai gozar novamente, agarrei seus seios e enfiei a língua nela, chupei muito aquela mulher que me atormentava de desejo. Até que ela n agüentando mais gozou novamente… Empurrando-a mais para o meio da cama, levantei sua perna e encaixei meu sexo no dela, uma tesourinha perfeita, lambi sua coxa e esfreguei meu sexo contra o seu, olhando em seus olhos eu gozei como nunca. Continuei ali, longos minutos sentindo minhas contrações vaginais se acalmarem e desejando que n se acalmassem nunca. Deitei sobre ela, devorei sua boca sem pressa, sentindo suas mãos escorregando livre por minhas costas, apertando minha bunda, puxando-me pra ela. Ela me virou na cama, e ficando por cima devorou meus seios e foi descendo pela barriga, coxa… Resolvemos tomar uma ducha, porque os lençóis estavam molhados de suor e amor. Ela me ensaboou os seios com leveza, a barriga, as coxas, sua mão veio de leve por dentro de minhas pernas, forçando… Beijando meu pescoço, boca, olhos, tudo q via pela frente. Encostou-me na parede e me comeu com graça, com avidez, e com amor. Sexo e orgasmo com Luana são os mais quentes e mais intensos da minha vida. Faz um tempo que estamos juntas, sempre que dá, corremos para um motel ou para o apartamento mais próximo. Ela me completa é minha metade, somos tão iguais que não poderia ser diferente.








home
archive
ask me
submit
Na Butterflies Blue Gifs tem somente por enquanto uma dona, então vocês terão que ter muita paciencia. Responderei todas as asks que estiver na ask box, então por favor, não mande nada mais de uma vez, se mandarem, eu não irei responder. Lembrando que neste tumblr só postarei gifs/fotos de sexo, então se você não gosta, não é obrigado (a) a nos seguir, segui-nos quem quiser. Espero que tenham gostado da SPH, alguma dúvida se dirija-se a ask, e tire suas dúvidas. Sejam bem-vindos a Striped Panties H.
...
theme feito por umaunicornio, com alguns detalhes de amarenaodesistir
[+] credit